Utentes do SNS para manterem médico de família têm de actualizar dados a cada cinco anos

Saúde | Serviço Nacional de Saúde

Os utentes do Serviço Nacional de Saúde vão ser obrigados a renovar os seus dados nos centros de saúde para manterem o médico de família.

Manuel Pizarro, secretário de Estado da Saúde, refere ao Diário de Notícias que caberá então aos utentes “actualizarem os dados mudados até 90 dias e confirmarem todos periodicamente, à semelhança do que se passa com os seus seguros ou com o bilhete de identidade”.

Ler mais deste artigo

Dia Europeu das Doenças Raras celebra-se a 28 Fevereiro

Dia Europeu das Doenças Raras celebra-se a 28 Fevereiro

Eurordis – Organização Europeia das Doenças Raras | Fedra – Federação das Doenças Raras de Portugal

Eurordis pede, neste Dia Europeu das Doenças Raras, especial atenção para as doenças raras

A Eurordis – Organização Europeia das Doenças Raras lembra aos cidadãos a necessidade de darem especial atenção às doenças raras. Correspondendo a este alerta, vários países europeus comemoram, este ano, o Dia Europeu das Doenças Raras a 28 de Fevereiro.

No âmbito das comemorações desta data, decorreu, nos dias 24 e 25 de Fevereiro, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, a I Conferência Nacional de Doenças Raras, organizada pela Fedra – Federação das Doenças Raras de Portugal.

 

Ler mais deste artigo

Saúde: Hospitais do SNS obrigados a dispensar medicamentos gratuitos após alta

Saúde | SNS
Hospitais do SNS obrigados a dispensar medicamentos gratuitos após alta

A oposição parlamentar aprovou hoje, em votação final global, esta medida. A implementação deste regime inicia-se em dez hospitais a definir pela tutela.

Todos os hospitais integrados no Serviço Nacional de Saúde (SNS), independentemente do seu estatuto jurídico, vão ser obrigados a dispensar medicamentos de forma gratuita aos utentes após alta de internamento.

O texto final do diploma, apresentado pela Comissão de Saúde, teve origem num projecto de lei do Bloco de Esquerda e recebeu hoje os votos favoráveis de BE, PSD, CDS-PP, PCP e PEV e contra da bancada do PS.
Ler mais deste artigo

%d bloggers like this: