Torres Vedras: Hortas comunitárias um projecto da Junta da Freguesia de São Pedro e Santiago, um voltar à ruralidade

Hortas urbanas comunitárias
Projecto da Junta da Freguesia de São Pedro e Santiago para devolver a ruralidade

Free Image Hosting at www.ImageShack.usDevolver a ruralidade a alguns locais da freguesia, incentivar a vivência em comunidade, aproveitar para recuperar espaços verdes e dar às pessoas a oportunidade de cultivarem os seus próprios hortícolas são alguns dos principais objectivos do projecto agora lançado pela Junta da Freguesia de São Pedro e Santiago, as “Hortas Urbanas Comunitárias”. 

Não sendo uma novidade, uma vez que esse tipo de hortas já existe em vários locais do país, “é um projecto que pode ser muito positivo”, defende Francisco Rodrigues. O autarca vê na criação desses espaços gratuitos a possibilidade das pessoas produzirem também alguns dos seus próprios bens alimentares.

A ideia da autarquia é pegar em terrenos públicos e dividi-los em parcelas com cerca de 25m2 e entregá-las a pessoas interessadas em transformá-las em hortas biológicas. A Junta vai organizar formação gratuita sobre agricultura biológica para os interessados, ministrada por técnicos especializados.

O projecto abranje unicamente pessoas da freguesia que queiram ter uma horta para produção de bens, funcionando como um meio de subsistência complementar ao seu agregado familiar. 

O projecto ainda está em fase embrionária, mas a Junta já elaborou um regulamento inicial, que estabelece que os terrenos vão estar vedados e terão um ponto de água comum disponível. Os utilizadores devem frequentar com aproveitamento as acções de formação e utilizar e zelar pela boa conservação e manutenção dos compostores, utilizar apenas meios de cultivo biológico, promover a diversidade de cultivos, certificar-se de que as suas culturas não invadem os caminhos nem os talhões vizinhos, garantir o asseio, segurança e bom uso do espaço da horta, cumprindo as regras de limpeza e imagem do local, entre outros aspectos. O acordo entre o agricultor e a Junta tem a duração de um ano, sendo passível de renovação por igual período.

A seu ver, as hortas podem também ter outra finalidade. “Este projecto surge para dar uma ocupação às pessoas, sobretudo àquelas que vivem num meio muito urbano, muito fechadas nos seus apartamentos e nas suas casas, e pode funcionar como um escape ao stress”, afirma ainda.

Por outro lado, o projecto acaba por ser igualmente uma solução para gestão de alguns espaços de difícil manutenção para a autarquia. “Falamos de espaços verdes públicos, que nos consomem muitos custos financeiros, e que por vezes têm tendência a estar desleixados”, reconheceu o autarca.

Os interessados devem contactar a Junta, que entretanto também irá disponibilizar fichas de inscrição nas colectividades da freguesia.
via Badaladas

One Response to Torres Vedras: Hortas comunitárias um projecto da Junta da Freguesia de São Pedro e Santiago, um voltar à ruralidade

  1. Ana Cristina Elamba Medina diz:

    Boa noite,
    Vivo na Freguesia de Santa Maria e São Miguel,somos um agregado familiar de 5 pessoas. Eu Amo agricultura,em casa até planto alfaces e outras hortìcolas em vasos.Será que podem abrir uma excepção e eu candidatar-me a um talhão?
    Será que a minha junta tem também uma iniciativa do género?
    Sem mais assunto de momento, atenciosamente

    Ana Medina

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: